Repsol assina contrato de investimento de 657 milhões de euros com Governo Português

13/10/2021

Repsol assina contrato de investimento de 657 milhões de euros com Governo Português

Numa cerimónia presidida pelo Primeiro-Ministro, António Costa, e com a presença do Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, a Repsol, na presença do seu Presidente, Antonio Brufau e CEO, Josu Jon Imaz, assinou o contrato de investimento com o Governo português a 13 de outubro de 2021.


O Governo considerou o projeto da Repsol para o Complexo Industrial de Sines como sendo de potencial interesse nacional (PIN) e contratou incentivos fiscais ao investimento no valor de até 63 milhões de euros.


Com base neste contrato, a multienergética vai investir 657 milhões de euros para ampliar o seu Complexo Industrial de Sines, alinhada com os objetivos do Acordo de Paris e com a transição energética.


Este investimento industrial, que é o maior dos últimos dez anos em Portugal e permitirá melhorar a balança comercial do país, contempla a construção de duas fábricas de polímeros, cada uma com capacidade de produção de 300.000 toneladas por ano, com produtos 100% recicláveis.


As tecnologias de ambas as fábricas, que têm conclusão prevista para 2025, garantem a máxima eficiência energética, são líderes de mercado e as primeiras do seu género a serem instaladas na Península Ibérica. Contribuirão, ainda, para a integração e diversificação da área industrial da Repsol e para a sua liderança na Europa.


Na fase de construção, este projeto empregará uma média de 550 pessoas, atingindo um pico de mais de 1.000 postos de trabalho. Quando estiver operacional, o aumento líquido de postos de trabalho será de cerca de 75 empregos diretos e 300 indiretos.


Ao impacto direto deste investimento na balança comercial, acrescerá o decorrente do efeito multiplicador da disponibilização, em volume e proximidade, de matérias indispensáveis à competitividade e ao crescimento da indústria transformadora destes importantes setores exportadores.