Produção de hidrogénio verde e amónia em Sines apresentado na ZILS

22/04/2022

Produção de hidrogénio verde e amónia em Sines apresentado na ZILS

O investimento de mais de mil milhões de euros do consórcio internacional MadoquaPower2X para a construção de uma unidade de produção de hidrogénio verde e amónia em Sines, na ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, foi apresentado em Abril, numa cerimónia que contou com a presença do primeiro-ministro António Costa e de outros membros do governo.


O projeto, liderado pela empresa portuguesa Madoqua Renewables em parceria com a holandesa Power2X e a gestora de fundos dinamarquesa Copenhagem Infrastructure Partners, prevê o início da produção para fevereiro de 2024 e a criação de 200 empregos diretos.


A unidade terá capacidade para gerar 500 MW de hidrogénio verde e 500 mil toneladas de amónia verde.


O hidrogénio produzido no âmbito deste projeto será usado pela indústria refinadora, petroquímica e química já presente na ZILS. Para a sua circulação entre estes e outros futuros produtores e as indústrias consumidoras, está a ser desenvolvido um projeto de gasoduto de gases renováveis pela REN.