top of page

Porto de Sines e Complexo Industrial e Portuário do Pecém
assinam Memorando de Entendimento no âmbito da Global Gateway

03/07/2024

Porto de Sines e Complexo Industrial e Portuário do Pecém
assinam Memorando de Entendimento no âmbito da Global Gateway

O Conselho de Administração dos Portos de Sines e do Algarve assinou, no passado 28 de junho, um Memorando de Entendimento com o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, no âmbito da iniciativa Global Gateway.

O documento foi assinado pelo presidente da APS, José Luís Cacho, e pelo presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, Hugo Figueiredo Júnior, numa cerimónia que decorreu no Porto de Sines, contando com a presença de Hugo Espírito Santo, Secretário de Estado das Infraestruturas do MIH. Estiveram ainda presentes um representante da Secretaria para o Desenvolvimento Económico do Estado do Ceará, do Brasil, e António Vicente, por parte da representação da Comissão Europeia em Lisboa.

Enquadrado na Global Gateway, e no sentido de cumprir os objetivos primordiais desta iniciativa no que diz respeito à conectividade digital, sustentabilidade energética e ambiental, e desenvolvimento de infraestruturas sustentáveis que promovam a eficácia e resiliência da cadeia logística, o Porto de Sines tem vindo a estabelecer parcerias estratégicas para o desenvolvimento de Corredores Verdes, nomeadamente com Angola (Barra do Dande) e o Brasil (CSN – Companhia Siderúrgica Nacional). Esta nova parceria com o Porto do Pecém vem alargar o espectro de colaboração com o Brasil, nomeadamente ao nível do agronegócio e das matérias-primas siderúrgicas, bem como enquanto HUB de Hidrogénio Verde (H2V). Neste enquadramento, o Porto de Sines reafirma o seu papel enquanto hub atlântico privilegiado para os tráfegos entre o Brasil e a Europa, reforçando a conectividade com o mercado sul americano, e oferecendo serviços competitivos ao serviço da cadeia de abastecimento.

Na sua intervenção, Hugo Espírito Santo, secretário de Estado das Infraestruturas do MIH, frisou a relevância do Memorando na promoção do desenvolvimento de infraestruturas portuárias, de transporte e materialização de corredores logísticos sustentáveis, verdes e digitais, com foco na transição energética e na conectividade Global».

Já o Presidente da APS, José Luis Cacho, realçou que «as parcerias estratégicas, como as que hoje estabelecemos, trazem vantagens competitivas para o Porto de Sines e para o país, uma vez que promovem o comércio do Brasil para a Europa, destacando Sines como porta de entrada das exportações brasileiras para a Europa, particularmente no negócio agroalimentar e matérias-primas críticas».

bottom of page