Associação Empresarial de Sines em missão de trabalho em S. Tomé e Príncipe

23/10/2021

Associação Empresarial de Sines em missão de trabalho em S. Tomé e Príncipe

Uma missão empresarial promovida pela Associação Empresarial de Sines, visitou S. Tomé e Príncipe entre 19 e 22 de Outubro, com o intuito de desenvolver relações comerciais e investimentos, nas áreas da Logística e Portos, Energia e Distribuição Alimentar.


Nesse sentido, durante os 3 dias da visita, decorreram um conjunto de iniciativas com destaque para os encontros entre o presidente da AES - Associação Empresarial de Sines, Hugo Ferreira e o embaixador de Portugal em STP, Rui Carmo; a Direcção do Porto de São Tomé; a Direcção do banco BGFI; a Agência Nacional de Petróleos; e ainda com empresários Portugueses e empresários locais.


Os Santomenses têm uma enorme esperança que a descoberta de petróleo possa ajudar a desenvolver o país. Note-se que São Tomé e Príncipe tem 19 blocos de petróleo na sua zona económica exclusiva e é o segundo país lusófono em África a explorar petróleo. Em 2001 constituiu-se uma zona de exploração conjunta com o país vizinho, a Nigéria.


O Governo santomense não vê o petróleo como uma solução, mas acrescenta que o petróleo poderá ser um meio para as autoridades reestruturarem a economia São-Tomense e relançar o País para uma economia sustentada no futuro, com destaque para áreas como a Agricultura, o Turismo e as Pescas.


Realça-se que o arquipélago de São Tomé e Príncipe, localizado na sub-região da África Central, é o único País que ainda não extrai hidrocarbonetos nessa sub-região do Mundo, ao passo que vizinhos como Nigéria, Gabão, Camarões, Angola e a Guiné-Equatorial, já extraem esse recurso.


O presidente da AES, Hugo Ferreira, afirmou acreditar que “…que destes encontros poderão sair boas ideias para o futuro e também lançar sementes para uma cooperação efectiva com o arquipélago, sendo estes os principais propósitos desta nossa missão de trabalho.”